Pesquisar

A difícil escolha do nome do bebê

Existem milhares de nomes para escolher. Como é possível facilitar esse momento?

publicidade

Para alguns pais, a escolha do nome é algo natural. Muitos já sabem desde sempre como querem chamar seus filhos. Para outros, esta é uma tarefa extenuante. A pressão é de escolher o nome certo, que o filho carregará para o resto da vida. Em alguns países há regras para os nomes mas, aqui no Brasil, quase tudo é aceito – desde que não imponha embaraço a pessoa.

Nesse momento, claro que a família, amigos e até mesmo estranhos irão dar pitaco. Lembre-se que ser aberto a novas idéias ajuda mas a escolha final deve ser dos pais.

Para começar, converse com seu parceiro para descobrir o que vocês gostam ou não. Faça uma lista dos favoritos e tenha sempre a mão. Quando surgir uma ideia, acrescente para discutir depois com o seu parceiro.

Há muito o que se levar em consideração quando for decidir o nome. Primeiro sobre os parentes. Já tem alguém com determinado nome? Vocês querem fazer uma homenagem ou não? O nome vai gerar apelidos? Vocês associam esse nome a alguma lembrança ruim?

Para facilitar na escolha, tenha em mente:

Sonoridade e compatibilidade do nome

Como soa o nome escolhido quando dito em voz alta? Combina com o sobrenome? Tem melodia? Usualmente, nomes longos combinam com sobrenomes curtos e vice-versa. Não é uma boa ideia combinar um nome que termina com uma vogal com um sobrenome que começa com vogal, eles tendem a se misturar. Evite nomes que rimem com o sobrenome e tente ficar longe de nomes que junto com o sobrenome adquirem duplo sentido, como “Caio Machado”. Seu filho terá que ouvir muitas brincadeiras ao longo da vida!

Originalidade do nome

Um nome incomum pode ser um grande trunfo para destacar seu filho da multidão. Nomes da moda poderá fazer com em uma sala de aula existam muitos com o mesmo nome e isso facilitará a adoção de apelidos nem sempre bem-vindos. Por outro lado, um nome esquisito, que poucos conhecem, ou difícil de pronunciar pode trazer transtornos para seu filho também. Não precisa buscar nomes completamente estranhos mas evitar os que estão na moda, principalmente o que estão nas novelas durante a sua gravidez, é uma boa dica, já outros casais terão a mesma inspiração. Equilibre também o nome com o sobrenome: se o último nome for muito popular como Silva, evite dar o nome de João que também é muito popular. Ouse um pouco. Já se o sobrenome for incomum, tente um nome mais simples, como Maria.

Nomes de parentes e amigos

Muitas pessoas escolhem homenagear parentes e amigos com o nome que dará ao filho. Certamente, essa é uma linda forma de agradar as pessoas queridas. Mas não ceda a pressão. Só dê o nome daquela tia ou avó caso você e seu parceiro realmente queiram. E sempre pensem se será fácil para seu filho lidar com esse nome.

Tradição familiar na hora de dar um nome

Às vezes, a família já tem uma tradição com nomes, sempre colocam o nome do pai no primeiro filho, por exemplo. É possível também os pais quererem seguir suas crenças religiosas e procurar o nome do filho dentro da própria religião. Isso é válido, afinal de contas isso é um reflexo da sua família e origens. Caso queira fugir da tradição, tente usar nomes duplos e ainda assim manter seu histórico familiar.

Significado do nome

Certamente ninguém vai tratar sua filha Regina diferente porque seu nome significa “rainha” mas saber o significados dos nomes pode ajudar a decidir.

Iniciais de nomes e apelidos 

Pessoas, principalmente as crianças, podem ser cruéis quando se trata de apelidos. Então, tente antecipar o que pode ser um problema. Veja também como ficam as iniciais do nome com o sobrenome para evitar embaraços. E, se vocês não são fãs de apelidos, escolha um nome que dê para evitá-los. É claro que existem os apelidos que estão mais para um carinho do que para uma agressão, então deve-se avaliar tudo.

O mais importante é saber que nenhuma dessas regras vale se você já sabe que nome quer dar. O critério mais importante é simplesmente gostar de como vocês vão chamar seu filho.

Gestante com nomes colados em sua barriga - Foto: RioPatuca/Shutterstock.com

publicidade
publicidade